terça-feira, 7 de outubro de 2008

Bosta pouca é bobagem (1)

Satisfeitos, almoçam os profissionais. Polidos em suas camisas de botão, meninas com suas sandálias discretas-cool saboreiam frango processado, tomando muito cuidado pra não manchar de molho os babados da blusa ou, deus me livre, sujar a bolsa.

Deu meia hora, estão nas suas estações de trabalho, escolhendo as cores e projetando as formas. Pensando o sentido dos rítmos e referências do mais novo e adorável back light que estará mês que vem na sua vizinhança. Atraentes linhas curvas em vistosos degradês nos convencem de que a vida é boa de ser vivida, indepedente das evidências do contrário.

Na mosca. O salário não dá pra pensar no futuro mas o pouco que rola garante a cerveja no fim do expediente ou o sapato novo. Papai ainda paga a gasolina e mês passado deu uma força com o apê; Semana passada saiu aquela campanha, tão difícil de aprovar e parece que vai parar no anuário. A idéia foi do estagiário, o nome, do diretor de arte. Mas todo mundo sabe.

Semana que vem esse cara vai estar na rua. A criançada manja tudo de informática e o suficiente do resto, tá todo mundo ficando craque nesse negócio de enfeitar. Uma geração inteira, treinada por toda a vida pra ser fera. Campeão em botar glacê no bolo de bosta da vida.

6 comentários:

Manu Cantuária disse...

esse me deu vontade de ir ali me matar rapidinho e já voltar

Jota disse...

genial!

Fer Fer Fer disse...

narf

ludicdreams disse...

fantástico.
:)

Alarcão disse...

A-do-rei!

E inclusive soltei uma risada no final. No tempo em que estava na faculdade (a cordilheira dos Andes ainda era um morrinho...), soltei a frase "jogar purpurina no cocô". Meu professor adorou e, soube, adota a expressão até hoje em suas aulas.

Gente, a feiúra da vida precisa ser enfeitada... No site do Banksy há um causo sobre as mulheres nos campos de concentração, que ganharam dos libertadores aliados tubinhos de batom, e com o singelo presente resgataram um pouco de sua humanidade. Somos macacos vaidosos. Queremos que a bosta seja coberta de firulas. Mas não se enganem: ao pisar nela o conteúdo será revelado em todo o seu esplendor.

Eduardo disse...

Sensacional =)

Confeitaria de merda =))

Adorei também

Yeah!